28.3.08

/ lido no blog Endangered Species

 

A notícia da morte de 22 golfinhos em redes de arrastão provocou uma mobilização de 214 entidades que pediram ao governo neo-zelandês, em carta entregue nesta quarta-feira, a proibição de dois tipos de redes de pesca em habitats povoados por duas espécies de golfinho em estado crítico de extinção.

Image Hosted by ImageShack.us
Golfinhos de Maui mortos, numa foto divulgada nesta quarta-feira

Segundo o Fundo Nacional para a Natureza (WWF, em inglês), os golfinhos de Maui, encontrados apenas na costa oeste da Ilha do Norte, estão quase extintos e precisam de proteção contra as redes de pescadores amadores e as de arrastão para sobreviver. O número de golfinhos de Maui é estimado em 111 em todo o mundo.

As redes de pesca amadora são utilizadas próximo à costa e as de arrastão em pesca comercial, em águas mais profundas. Além dos golfinhos de Maui, a espécie golfinho-de-Hector também diminuiu consideravelmente nos últimos anos. De uma população calculada em 29 mil nos anos 70, o número caiu para sete mil atualmente.

O governo do País divulgou nesta terça-feira fotos de 22 golfinhos mortos em redes de pesca de arrastão que provam que as leis sobre a pesca estão falhando sobre a preservação dos animais, de acordo com Chris Howe, diretor-executivo da WWF na Nova Zelândia.

Para Howe, as mortes são uma prova de que a indústria da pesca não pode basear-se no código de pesca informal que protege as espécies. O governo impôs uma lei para minimizar a captura acidental de golfinhos durante a pesca de arrastão, mas "toda a pesca com redes de pesca recreativa e de arrastão deveriam ser proibidas por toda área que abrange golfinhos-de-Hector e de Maui", disse Howe.

O ministro do meio ambiente Steve Chadwick afirmou que será necessário "considerar o quão realístico isto é" enquanto o País tem também a pesca sustentável e como será feita a proteção às espécies em risco.

"Os golfinhos de Maui, o menor golfinho do mundo, são um dos animais mais raros no mundo e a população de golfinhos Hector é quase tão escassa quanto a de tigres" escreveu a chefe-executiva da ONG Care for the Wild International, Barbara Maas, no documento.

Ambientalistas alertam que, mesmo se a proposta for aprovada, os golfinhos em risco de extinção terão apenas 50% de chance de voltar a seu número original até 2050.
tags:
link do postPor *, às 15:12 

 
C@ntact@
Blog dos Bichos
Local: PORTUGAL
Pet Sitting e Hospedagem

Apoio Domiciliário a Animais de Estimação e Hospedagem
Garantimos cuidados e mimos aos seus amigos de estimação durante a sua ausência.
Pet sitting e dog walking em Oeiras, Amadora, Lisboa, Sintra e Odivelas
Contactos:
petsitting.ms@gmail.com
915 104 261
www.facebook.com/mspetsitting

Alojamentos que aceitam animais

Apartamentos pet friendly (que aceitam cães, gatos,...)
► Apartamento T1 (para 4 pessoas) no Edifício Dunas Park, Manta Rota, a 50 mts da praia e com vista para o mar.
► Apartamento T2 (para seis pessoas), no centro de Vila Nova de Cacela, a 1,7 km da praia.
www.facebook.com/mantarota
Clique na imagem para mais informações

arquivos
RSS
blogs SAPO