12.9.08

Depois de árdua pesquisa jornalística, ao nível da qualidade que os nossos meios jornalísticos nos habituaram, o Blog dos Bichos descobriu porque ardeu a floresta há coisa de 2-3 anos, junto a Manteigas.

Um Samaritano, tentou estabelecer ligação com o 112, pois "alegadamente"* tropeçou num calhau.
Sem sucesso em conseguir ligação, recorreu a sinais de fumo que "alegadamente" terão rapidamente descambado para algo mais, derivado ao "alegado" vento que na altura, "alegadamente"*, se faria sentir.


O belo sinal que mais abaixo se apresenta, encontra-se, de facto, junto ao gigantesco vale glacial na Serra da Estrela.

 


Aconselho vivamente a não se magoarem naquele local e se sentirem incêndio... rezem. Rezem aos deuses para que não sejam apanhados por ele pois mais ninguém vos valerá.

Esta gente do Ministério do Ambiente e das Associações que efusivamente surgem na televisão, andam todos a dormir.
Só assim se explica que seja deste modo que se incentive à protecção ao nosso património natural - com descrédito e alvo para gozo.

 

*alegadamente = o termo mais empregue pelos jornalistas televisivos.

"Alegamente a Ponte Entre-os-Rios terá caído" - jornalista tendo como pano de fundo a  ponte caída

"Na esquadra, o homem que alegadamente foi baleado" - para mim, ou se foi ou não se foi.

sinto-me: crente
música: "Encosta tua cabecinha no meu ombro e chora"
link do postPor siri, às 19:04 

1.2.08

 

 

 

Abaixo assinado aqui:  http://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/405

 

 

 

Caros amigos dos animais!

 

 

Chegou a hora de acabar com uma tradição primitiva e cruel que serve apenas para divertir uns quantos sádicos.

 

Acontece em Campia, uma pequena aldeia do concelho de Vouzela em Viseu. No dia de carnaval os organizadores da festa teimam em incluir uma tradição que consta do seguinte: Os organizadores caçam , roubam um gato, algures, e metem-no num cântaro onde fica fechado até à hora da festa, (todos sabemos que os gatos sofrem de forte claustrofobia, e, só isto é causa de grande angústia e sofrimento).

 

 

Depois, no largo da festa, está um grande mastro ladeado de lenha, o cântaro é elevado por cordas até ao cimo do mastro, a seguir lançam fogo á lenha que aquece o cântaro, queima as cordas e o cântaro cai desfazendo-se em cacos; o gato (se ainda puder) corre espavorido tendo á perna a parolada toda a persegui-lo com paus para ver quem lhe acerta.

 

 

Todos sabemos que os países civilizados não admitem más tradições, só as que dão alegria e bem estar a todos. Já no 3º mundo abundam as tradições em que o forte usa o fraco; Os apedrejamentos, os sacrifícios, as amputações, a escravatura, geralmente em que as vítimas são as mulheres, as crianças e os animais.

Todos nós temos obrigação de colaborar na evolução do nosso país.

 

Esperemos então que cada um de nós passe a palavra ao maior número de pessoas, e envie uma crítica a quem tem culpas desta prática.

Tem o presidente da junta, que é um dos organizadores, o presidente da Câmara que concorda, o padre que abençoa a festa. e todos os que vêem, calam e consentem.
As contestações isoladas de nada têm servido, pelo contrário. Temos que ser muitos a repudiar esta tradição para eles perceberem a falta de civismo.

 

Daqui até ao carnaval, não paremos de criticar e denunciar a quem de direito

 

presidente da junta - Antonio ferreira : junta.campia@clix.pt telef 232751111
pres. da Câmara - Telmo Antunes : telmo antunes1@gmai.com , presidente@cm-vouzela.pt
padre Antonio - pcampiaalcofra@gmail.com , pcampiaalcofra@sapo.pt telef 232751102
jonal de vouzela - noticiasvouzela@sapo.pt
Sepna de viseu (maus tratos a animais) mestre Figueiredo Lopes 968689245 - 232467940 - 232467954

link do postPor *, às 00:10 

2.9.06

A linha SOS Ambiente e Território - 808 200 520 - do Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente (SEPNA), da GNR, passou a receber, 24 horas por dia, as denúncias de crimes ambientais e todas as questões relacionadas relacionadas com o ordenamento do território. Estas chamadas, que até agora eram encaminhadas, durante o dia, para a Inspecção-Geral do Ambiente e Ordenamento do Território, passam a ser recebidas por este Serviço de Protecção da GNR.

 

 

link do postPor *, às 12:36 

30.3.06
direitos reservados
"A jaula, onde estavam cinco animais vivos, estava cheia de excrementos, sem luz, sem comida, sem água"



Miguel Gonçalves

A GNR de Condeixa-a-Nova recebeu, ontem, uma queixa de um veterinário que acusa um indivíduo daquele concelho de ser responsável por maus-tratos a animais e de ter para com eles uma "atitude cruel". O médico fotografou um "canil" onde alguns cachorros se amontoam , num espaço bastante exíguo e sem o mínimo de condições higiénicas, e garante ter visto restos de pelo menos três animais a serem comidos por outros.

Salvador Mascarenhas, que anteontem denunciou o caso do jovem que se divertia a atirar gatos do alto do castelo de Montemor-o-Velho, diz que foi alertado para o "crime" do canil de Condeixa-a-Nova por uma criança que terá ficado chocada quando viu uns cães a comerem outros.

"Quando cheguei lá, deparei com o horrível espectáculo de cinco cachorros selados dentro de uma jaula cheia de excrementos, sem luz, sem comida, sem água, com recipientes que raramente vêem água ou comida, e a macabra realidade de constatar que os famintos animais teriam já comido três colegas de cativeiro que terão morrido devido à fome e à sede. Relatos de vizinhos informaram que regularmente os animais morrem e o dono do barracão atira os corpos para as proximidades, desfazendo-se ao sol", afirma o veterinário.

Salvador Mascarenhas denunciou o caso à GNR e ao veterinário municipal de Condeixa-a-Nova, que foram ao local. O JN tentou o contacto com o proprietário do "canil", mas sem êxito.

 

Lido no Jornal de Notícias

 

 

link do postPor *, às 16:22 


 
Siga-nos no Facebook
online
C@ntact@
Blog dos Bichos
Local: PORTUGAL
Pet Sitting e Hospedagem

Apoio Domiciliário a Animais de Estimação e Hospedagem
Garantimos cuidados e mimos aos seus amigos de estimação durante a sua ausência.
Pet sitting e dog walking em Oeiras, Amadora, Lisboa, Sintra e Odivelas
Contactos:
petsitting.ms@gmail.com
915 104 261
www.facebook.com/mspetsitting

Alojamentos que aceitam animais

Apartamentos pet friendly (que aceitam cães, gatos,...)
► Apartamento T1 (para 4 pessoas) no Edifício Dunas Park, Manta Rota, a 50 mts da praia e com vista para o mar.
► Apartamento T2 (para seis pessoas), no centro de Vila Nova de Cacela, a 1,7 km da praia.
www.facebook.com/mantarota
Clique na imagem para mais informações

Para venda

Vende-se apartamento T3 (4 assoalhadas) no centro de Olhão.

Mais informações aqui ou pelo  918 477 219

arquivos
RSS
blogs SAPO