27.3.10

10 Pontos sobre Cataratas

 

 

 

 

 

 

O que é uma catarata?

O cristalino (lente) é usado para focar a luz na retina. Tem uma função similar a uma lente de uma câmara sendo a retina o filme dessa câmara. Uma catarata é uma opacidade na lente. Pode ser muito pequena e não afectar a visão ou pode envolver toda a lente e causar cegueira.

 

 

Quais são as causas das cataratas?

A maioria das cataratas são herdadas (um factor hereditário transmitido de pais para filhos). Surgem geralmente em animais jovens e são chamadas cataratas juvenis.

Podem surgir também cataratas como consequência de traumas no olho, inflamação ocular ou doenças sistémicas, como diabetes.

Em cães velhos, a lente pode desenvolver catarata como consequência de um processo degenerativo. A lente começa a ficar azulada quando o cão chega aproximadamente aos 8 anos de idade e o gato aos 10 anos. Este processo de envelhecimento é denominado esclerose nuclear que significa endurecimento da lente. A esclerose nuclear ocorre em todos os animais e não afecta a visão. Muitas vezes é confundido com cataratas.

 

 

Existem algumas raças de cães e gatos mais predispostos a desenvolver cataratas?

As cataratas são mais frequentes em algumas raças uma vez que os cruzamentos para o apuramento da raça permitem uma concentração maior de genes anormais.

No entanto, todos os animais, incluindo aves, répteis e peixes podem desenvolver cataratas.

 

 

A cirurgia é a única forma de curar as cataratas?

O único tratamento das cataratas é a remoção cirúrgica. Todos os tratamentos não cirúrgicos tentados até hoje tem se revelado ineficazes.

 

 

Será o meu animal demasiado velho para uma cirurgia de cataratas?

A idade não é uma doença. Se o paciente é saudável e não sofre de nenhum problema que impeça uma anestesia geral, pode perfeitamente ser operado.Descrição da cirurgia da catarata e dos cuidados pré e pós-operatórios:

A remoção da catarata é um procedimento cirúrgico muito delicado. Um exame oftalmológico completo é indispensável de modo a se determinar se o paciente é um bom candidato à cirurgia. Também é importante a realização de um electroretinograma para testar a função da retina. Há que testar também o estado geral de saúde do paciente através da realização de análises de sangue, para verificar a funcionalidade dos órgãos internos, e um electrocardiograma. A administração de medicação deve ser iniciada alguns dias antes da cirurgia.

A técnica cirúrgica de eleição é a facoemulsificação (realizada neste Hospital). Esta técnica emprega a tecnologia mais moderna disponível tanto em medicina veterinária como em medicina humana para remoção de cataratas. Este procedimentos consiste na utilização de vibrações por ultra-sons para liquefazer a catarata que é então aspirada do olho através de uma incisão mínima (3 milímetros).

Após a cirurgia, o paciente é enviado para casa com medicação. As consultas de controlo pós-cirúrgico são importantes e estendem-se até três meses após a cirurgia.

Nota : O sucesso da cirurgia é dependente do tratamento pós-cirúrgico. O paciente recupera a visão conforme o olho vai curando.

 

 

É necessário que o meu animal perca a visão do olho afectado para que a cirurgia possa ser feita?

Não! Desde que a catarata demonstre sinais de progressão, mesmo que seja só num olho, a cirurgia pode ser feita. Quando se permite que a catarata fique muito matura torna-se muito dura ficando mais difícil de a liquefazer e a remover através de uma incisão pequena. Além disso, as cataratas hipermaturas podem também trazer outras complicações para o olho, o que poderá impedir a realização da cirurgia.

 

 

Como é que o meu animal pode ver sem a lente?

A maior parte da focagem e refracção de luz ocorre na córnea (75% da capacidade de focagem é da córnea enquanto que a lente é responsável apenas por 25%). Após a remoção da lente, o olho não é capaz de focar tão bem, principalmente objectos muito perto, mas foca o suficiente para o animal fazer a sua vida normal.

 

 

E as lentes artificiais?

Utilizam-se essencialmente em medicina humana, mas também já são utilizadas em medicina veterinária.

 

 

O que é um electroretinograma?

Para que a cirurgia da catarata seja bem sucedida, o resto do olho, excepto a lente, tem de estar saudável. Por vezes, a lente está tão opacificada, que não permite o exame directo da retina. O electroretinograma (ERG) é um teste electrónico que permite testar a função da retina. Deve ser realizado antes da cirurgia e se o ERG é normal, a cirurgia é recomendada.

 

 

Quais são os benefícios da cirurgia da catarata?

Um olho cego devido à catarata volta de novo a ser visual se a catarata for removida sem complicações. Como em qualquer outra cirurgia, podem surgir complicações, no entanto, a taxa de sucesso desta intervenção cirúrgica é de 90%

 

Fonte: http://blog.hvp.pt/2010/03/25/10-pontos-sobre-cataratas/?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+hvp+%28Blog+do+Hospital+Veterin%C3%A1rio+do+Porto%29&utm_content=Google+Reader

link do postPor *, às 15:24 

 
Siga-nos no Facebook
online
C@ntact@
Blog dos Bichos
Local: PORTUGAL
Pet Sitting e Hospedagem

Apoio Domiciliário a Animais de Estimação e Hospedagem
Garantimos cuidados e mimos aos seus amigos de estimação durante a sua ausência.
Pet sitting e dog walking em Oeiras, Amadora, Lisboa, Sintra e Odivelas
Contactos:
petsitting.ms@gmail.com
915 104 261
www.facebook.com/mspetsitting

Alojamentos que aceitam animais

Apartamentos pet friendly (que aceitam cães, gatos,...)
► Apartamento T1 (para 4 pessoas) no Edifício Dunas Park, Manta Rota, a 50 mts da praia e com vista para o mar.
► Apartamento T2 (para seis pessoas), no centro de Vila Nova de Cacela, a 1,7 km da praia.
www.facebook.com/mantarota
Clique na imagem para mais informações

Para venda

Vende-se apartamento T3 (4 assoalhadas) no centro de Olhão.

Mais informações aqui ou pelo  918 477 219

arquivos
RSS
blogs SAPO