23.2.10

O que é a Diabetes Mellitus?

A Diabetes Mellitus é uma doença em que a glicose no sangue é cronicamente elevada, o que significa que a quantidade de açúcar no sangue é demasiado alta.

Uma hormona chamada insulina regula o açúcar no sangue.

Se o corpo de seu animal de estimação não produzir insulina suficiente ou não responder à insulina disponível pode desenvolver a diabetes.

A diabetes mellitus é uma doença comum em cães e gatos como também nas pessoas.

 

O que causa a diabetes?

Nenhuma causa para a diabetes mellitus foi identificada. No entanto, animais obesos apresentam um risco maior de desenvolver diabetes mellitus em relação aos animais de peso normal.

Consulte um dos nossos médicos veterinários para um plano de dieta para o seu animal de estimação.

 

Quais são os sinais físicos da diabetes nos animais de estimação?

Os sinais mais evidentes são o aumento do consumo de água, aumento da frequência urinária e aumento do apetite.

A perda de peso também pode ser um sinal de diabetes.

Se notar qualquer alteração no comportamento do seu animal de estimação, ou na aparência física que possa indicar a presença de diabetes, consulte um dos nossos veterinários o mais rapidamente possível.

O veterinário irá medir o nível de glicose no sangue e na urina do seu animal de estimação e verificar se existem outras doenças que podem estar por detrás das alterações físicas que ele apresenta.


Quais são os animais mais susceptíveis de desenvolver diabetes mellitus?

A diabetes mellitus afecta principalmente animais de estimação idosos.

Os gatos desenvolvem diabetes mais frequentemente do que os cães, e os machos têm tendência a desenvolver a doença duas vezes mais do que as fêmeas.

Cães de ambos os sexos e de qualquer raça podem desenvolver diabetes, mas a doença é mais comum nas fêmeas obesas. Certas raças de cães (como Keeshond, Pinscher miniatura e Terrier CAIM) são mais susceptíveis de desenvolver diabetes do que outras raças.


Como se pode tratar a diabetes?

O alto teor de açúcar no sangue não desaparece por si só e deve ser tratado de acordo com as recomendações do seu médico veterinário.

Se a diabetes não for tratada, pode ser fatal para o seu animal de estimação.

Animais com diabetes geralmente requerem injecções de insulina para estabilizar o açúcar no sangue, mas alguns gatos diabéticos podem ser estabilizados com medicação oral.

A dieta é uma componente importante no tratamento da diabetes em cães e gatos.

Fale com um dos nossos médicos veterinários sobre a dieta ideal para o seu animal de estimação. A nossa equipa de saúde veterinária irá ensinar-lhe como administrar a insulina, de forma mais adequada, no seu animal de estimação.


Como posso ajudar o meu animal diabético?

A regularidade é a chave para assegurar a saúde do seu animal de estimação. Deverá prestar atenção à dieta e à gestão de medicamentos, que o médico veterinário prescrever. A aplicação da insulina injectável no seu animal deverá ser programada e dada todos os dias.

Se tiver que se ausentar de casa, certifique-se que terá alguém que possa dar a medicação ao seu animal, até ao seu regresso.


Alguns conselhos para cuidar do seu animal diabético:

- Alimente apenas o seu animal de acordo com as recomendações do seu médico veterinário;

- Estimule o seu animal de estimação da fazer exercício regular e controlado. Quanto maior for a actividade do animal, menor será a quantidade de insulina que o corpo dele necessita. Tente estimulá-lo a um exercício constante e diário;

- Dê a medicação ao seu animal à mesma hora, todos os dias. Não faça alteração na medicação sem antes consultar o médico veterinário.

- Não aplique insulina se o seu animal deixou de comer. Fale com o seu médico veterinário se notar alterações no apetite ou no comportamento do seu animal;

- Recompense o seu animal de estimação com muito amor quando lhe der a insulina injectável, para tornar essa experiência o mais confortável possível, e seja extremamente paciente com ele;

- Tenha sempre à mão um pequeno frasco de mel, para quando o seu animal se mostrar fraco ou desajeitado, o que significará que os seus níveis de glicose no sangue podem ser demasiado baixos. Passe um pouco de mel nas gengivas do seu animal de estimação e, em seguida, leve o seu animal ao veterinário o mais rapidamente possível. A quantidade de mel que deverá dar depende do tamanho do seu animal de estimação

 

Fonte: http://blog.hvp.pt/2010/02/23/diabetes-nos-animais-de-estimacao/?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+hvp+%28Blog+do+Hospital+Veterin%C3%A1rio+do+Porto%29&utm_content=Google+Reader

 

 

link do postPor *, às 19:27 

 
Siga-nos no Facebook
online
C@ntact@
Blog dos Bichos
Local: PORTUGAL
Pet Sitting e Hospedagem

Apoio Domiciliário a Animais de Estimação e Hospedagem
Garantimos cuidados e mimos aos seus amigos de estimação durante a sua ausência.
Pet sitting e dog walking em Oeiras, Amadora, Lisboa, Sintra e Odivelas
Contactos:
petsitting.ms@gmail.com
915 104 261
www.facebook.com/mspetsitting

Alojamentos que aceitam animais

Apartamentos pet friendly (que aceitam cães, gatos,...)
► Apartamento T1 (para 4 pessoas) no Edifício Dunas Park, Manta Rota, a 50 mts da praia e com vista para o mar.
► Apartamento T2 (para seis pessoas), no centro de Vila Nova de Cacela, a 1,7 km da praia.
www.facebook.com/mantarota
Clique na imagem para mais informações

Para venda

Vende-se apartamento T3 (4 assoalhadas) no centro de Olhão.

Mais informações aqui ou pelo  918 477 219

arquivos
RSS
blogs SAPO